quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Carícias


Pele que anseia pelo toque

Numa angústia frenética

Impossibilidade momentânea

De dois, nos fazermos um...



São as caricias feitas de saudades

Lembranças de sua tez, momentos singulares

Portanto, afagos que são únicos

Exclusivos seus, de mais ninguém.



Na solidão contraditória

Sonhos nos quais me comprazo a ti

Fazendo dele o gozo mitigante

Alivio para a pele, que anseia pelo toque...

1 comentários:

Vitor_LP disse...

Ae rapaz! Te dei um Selo de qualidade! Copie-o, poste-o e indique outros blogs de sua alta preferência e que ainda não ganharam. É isto.

Dê uma olhada aqui:

http://cadernetaazul.blogspot.com/2011/02/selo-de-qualidade-1.html

Postar um comentário